2003-07-26

Perl 6 com nova máquina virtual duplica velocidade de processamento
Parrot é a nova maquina virtual que vai equipar a versão 6 da Perl, que deverá passar a correr a uma velocidade entre duas a três vezes superior. A própria linguagem encontra-se em revisão e correrá numa máquina independente que, até ao momento, pode ser instalada em Unix, Mac OSX, Linux, Solaris, Tru64, Windows e VMS.

Há duas formas de escrever código para Parrot. Uma é usar uma linguagem que traduz para o bytecode do Parrot. Outra é escrever directamente em Parrot assembly. Parrot ainda não está terminado dado que, além de suportar Perl 6, vai trabalhar com Ruby, Python, C# e Java. Neste momento, características como dynamic loading, threads, asyncronous I/O e o event model estão a ser tratadas.

A razão do desenvolvimento do Parrot é o facto do .NET ter uma fraca performance ao trabalhar com linguagens dinâmicas como o Perl. A JVM é também considerada muito lenta.

Sem comentários:

Enviar um comentário