2003-09-02

A morte do correio electrónico e o formato RDF/RSS: Portugal ainda não acordou
Por alguma razão inexplicável, o formato de canais de informação RSS não é utilizado pelos portais nacionais, embora bastante conhecido e mundialmente aclamado como a maneira mais eficaz de contornar o spam (matando definitivamente o email que, este ano, foi ultrapassado pelo Instant Messaging). Curiosamente, os jornalistas portugueses também nunca ouviram falar disto.

Aplicações como o Feedreader (para Windows) e AmphetaDesk (multiplataforma, arquitectura cliente/servidor) já fazem parte do dia-a-dia de pessoas que desejam ser extremamente bem informadas sobre temas bastante específicos. O formato RSS (Rich Site Summary) fornece feeds de pequenos resumos de notícias que são agregados por servidores na web ou por aplicações desktop. Todos os portais informativos deveriam ter RSS, que implica apenas depositar um pequeno script em cada web site.

Já existem motores de busca de RSS, sendo o mais conhecido o syndic8.com

Sem comentários:

Enviar um comentário