2008-07-12

Vozes contra o PowerLine

Circula via email uma mensagem relativamente à qual não posso confirmar a veracidade em nenhum aspecto, mas que é de analisar e de obter mais opiniões. Sem mais comentários, reproduzo-a a seguir.

"O Prof. Augusto Albuquerque que eu conheço e que assina o texto abaixo, foi meu professor de Telecomunicações no IST e é uma pessoa de grande idoneidade e de muito conhecimento na matéria, está na União Europeia já lá vão muitos anos, sendo Director do IST na Área de Projectos para a Sociedade de Informação."

(assinatura omitida pelo autor deste blog)

Mensagem:

"A SER VERDADE (E PARECE QUE O É), SERÁ MAIS UM ATENTADO À SAÚDE DE TODOS NÓS!!!

(Penso que isto deverá ser objecto de estudo dos especialistas na matéria...)

- Mais uma desgraça para a humanidade!

POWERLINE é um novo sistema de distribuição de Internet e telefone digital, através da rede eléctrica. Em Portugal a ONI está a desenvolver este sistema em algumas zonas de Lisboa, mas ainda em fase experimental.

O POWERLINE funciona da seguinte maneira:

Nos postos de transformação da EDP são instalados os servidores de Internet e telefone digital, estes servidores transmitem o sinal em altas-frequências (HF) com potência suficiente para percorrer a rede eléctrica até chegar às casas dos consumidores. Nas casas dos consumidores são instalados modems próprios para POWERLINE, estes modems são ligados a uma tomada de electricidade para emitirem também para a rede da EDP sinais de altas-frequências (HF) com potência suficiente para conseguirem chegar aos servidores instalados nos postos de transformação da EDP.

Portanto os sinais de POWERLINE passam a circular pelos cabos da EDP, cabos esses que não têm qualquer blindagem (não são cabos coaxiais), então os sinais de alta-frequência saem dos cabos e são irradiados para o ar passando a estar presentes em toda a parte.

Estes sinais são em altas-frequências em banda larga, entre os 8000 KHz e os 30000 KHz. Diz-se que os cabos eléctricos que transportam electricidade a 50 Hz já fazem mal à nossa saúde, há quem proteste por ter as suas casas debaixo de cabos de alta tensão que mais uma vez chamo à vossa atenção, são cabos que transportam 50 Hz, agora imaginem com o POWERLINE passam a circular altas-frequências de 8000 KHz aos 30000 KHz por toda a parte, porque estas frequências por serem muito elevadas saem dos cabos e vão para o ar atingindo-nos a todos nós !!! Este sistema é altamente perigoso para os humanos, assim como para todos os outros animais, ou seja este sistema provoca o CÂNCRO.

A leucemia tornar-se-á uma doença muito comum em grande parte da população das grandes cidades onde o POWERLINE estará em funcionamento! Mas não ficamos por aqui, além de ser muitíssimo perigoso para a nossa saúde, também trará muitos outros problemas, como interferências nas nossas televisões, mesmo para quem tem TV Cabo, interferências enormes nos nossos receptores de rádio, telefones, intercomunicadores, walkie-talkies, etc...

Estas interferências poderão mesmo acabar com a escuta de rádio por completo. Para os cibernautas: não queiram a Internet por este sistema, além de ter todas as desvantagens que já mencionei, é um serviço de Internet péssimo, cheio de falhas e muito instável, devido às muitas interferências que circulam por toda a rede eléctrica, interferências de electrodomésticos, lâmpadas fluorescentes, todo o tipo de motores, fábricas, etc...

Se querem Internet com qualidade, usem os serviços de ADSL que são os melhores em todos os aspectos. O POWERLINE foi proibido na Alemanha, Itália, Japão e outros países.

Perante tal ameaça, vamos ficar de braços cruzados à espera que a ONI e EDP, com o consentimento da ANACOM, avancem com este projecto monstruoso e absurdo, para que a ONI e a EDP enriqueçam ainda mais à custa da nossa desgraça?

NÃO, TEMOS QUE PROTESTAR ! Mandem e-mails para a ANACOM, para o governo, para a assembleia da república, etc... E NÃO QUEIRAM O POWERLINE NAS VOSSAS CASAS.

DIGA NÃO AO POWERLINE!

Eng. Augusto Albuquerque"

-- FIM DA MENSAGEM REPRODUZIDA --

1 comentário:

  1. "Circula via email uma mensagem relativamente à qual não posso confirmar a veracidade em nenhum aspecto..."

    É sempre positivo transmitir boatos... tenham vergonha!!!

    Ou têm fontes e comprovam factos ou deixem-se estar sossegados!!!

    ResponderEliminar