2009-01-15

A cor do dinheiro

Algo enraizado na nossa cultura diz que o dinheiro é vil, mas mais dramático é ver tanta gente que passa por cursos superiores e nada sabe de gestão financeira pessoal nem controlar impulsos consumistas infantis. Terá sido a formação dos professores do século XX, muito orientada para o funcionalismo e carreirismo, que se transmitiu durante os 20 anos em que os alunos eram "depositados" nas escolas? O dinheiro é cada vez mais um nada sem o qual nada se faz nesta sociedade.

Por isso é bom ver a qualidade de um programa como a Cor do Dinheiro, do excelente e bem informado jornalista Camilo Lourenço. O programa está a ser um guia importante para muita gente que procura aprender o que a escola devia ter ensinado.

Sem comentários:

Enviar um comentário