2009-10-15

Miguel Sousa Tavares, enfim...







Saloias e provincianas - é como classifica Miguel Sousa Tavares as reacções dos portugueses ao caso Maitê Proença.

Saloios ou não, os portugueses não querem ser rebaixados.

Depois destes últimos tempos de sacrifício obviamente os portugueses unem-se à primeira oportunidade para se defenderem. Porventura este caso foi um veículo para responder a uma necessidade latente generalizada.

Mas então terá sido Maitê apenas vítima de uma necessidade psicossocial das gentes de Tugalândia?

Ou apenas vítima da fraca realização de um argumento audiovisual humorístico improvisado?

Parece-me que não. É que ainda ninguém falou dos números. Apesar dos portugueses serem anedota crónica no Brasil, vai ser preciso bastantes milhões de euros e muitos anos para recuperar o buraco que essa senhora fez.

Então, ponderando as coisas, acho que o Sr. Miguel também podia fazer as malas e ir para o Brasil.

E levar o seu portátil também, pois o Sr. Miguel pode ajudar a Sra. Maitê a ligar à Internet e a Sra. Maitê pode ensinar o Sr. Miguel a fazer cópias de segurança dos seus livros.

Quanto a nós todos, deixariamos de perder tempo com estas figuras e podíamos ir tratar da nossa vida e lutar pelo futuro deste país.

Ver notícia...

Sem comentários:

Enviar um comentário