2010-06-12

Os administradores de mentes...

"Windows Phone 7 impõe regras aos programadores", lê-se no Diário Económico. Entre as restrições conta-se a proibição de conteúdos de natureza sexual.

É a nova era da escravatura digital em que as grandes empresas se transformam em religiões e criam rituais para tomar o tempo e a mente das pessoas, neste caso dos programadores - evidentemente que as restrições sexuais são uma sequência natural. Tudo para benefício de alguns em detrimento de todos.

É o caso da Google, Apple e Microsoft, mas também do Facebook e outros.

Os programadores muitas vezes trabalham com "fé" de que vão evoluir num esquema de "lock-in", ou seja, ficam escravizados perante o fornecedor do sistema que se intitula "aberto" e "comunidade".

É necessário proteger a Internet livre e as tecnologias livres e ter cuidado com estes "administradores de mentes".

Sem comentários:

Enviar um comentário