2012-03-03

FÁCIL: Como criar aplicações portáteis (portable apps)

Normalmente, ao instalar aplicações (leia-se "programas gordos") no PC, estas espalham ficheiros por todo o lado.

Por vezes queremos um sistema limpo e rápido e manter fora, talvez num disco portátil, aquelas coisas que só se usam ocasionalmente: as vantagens são óbvias:

- Menos confusão no Desktop

- Mais rapidez porque o disco do sistema está mais livre

Perfeito para certas coisas que uso mas não sempre, como o Blender, Cinelerra, Audacity, LibreOffice, etc.

Então aqui entra o CDE - Lightweight Application Virtualization. É um comando de terminal que faz magia, criado por um aluno da Universidade de Stanford.

Ao executar qualquer comando colocando antes o comando do CDE, este cria-lhe uma versão portátil da aplicação!

Exemplo:

cde_2011-08-15_32bit inkscape

Isto abre o Inkscape, mas depois encontra no disco um diretório onde estão a ser acumuladas as versões portáteis. Agora pode desinstalar o Inkscape e chamar a sua versão portátil com:

./cde-package/cde-exec inkscape

Com o CDE, "portátil" não significa apenas que pode levar o diretório cde-package consigo beneficiando do seu catálogo de aplicações favoritas. É que elas vão funcionar em qualquer GNU/Linux moderno independentemente da distribuição!

Agora conjugue isto com o post anterior e pode ser que consiga o melhor de dois mundos: um sistema leve e rápido, e todas as aplicações gordas que às vezes quer usar.

Sem comentários:

Enviar um comentário