2012-11-30

Polémica nas lojas Vodafone: Utilizadores de Vitaminas obrigados a dar dados pessoais

A mensagem é simples: «O seu cartão deixa de funcionar a partir de 30-11-2012. Para continuar a usar o seu número ligue 800910048 para troca de cartão ou dirija-se a uma loja.»

E hoje, dia 30, o meu telemóvel Vitamina 91 SMS, pré-pago, deixou de permitir fazer chamadas. O som de chamada foi substituído por uma voz avisa que não posso usar o telemóvel.

Até aqui tudo bem. Pensei que o problema fosse o facto do meu cartão ter uns 15 anos e estar a expirar de validade técnica...

Manobra de marketing ou necessidade técnica?

De facto, site da Vodafone explica:
Devido à migração da rede para a nova tecnologia 4G - que lhe vai permitir melhor qualidade de serviço e velocidade na utilização de dados móveis - a Vodafone está a realizar a troca dos cartões SIM (gratuita) que não estão tecnicamente adequados a funcionar com esta tecnologia. 
Mas alguns não percebem o porquê:

Até percebia a troca se as redes 2G ou 3G fossem desligadas, obrigando as pessoas a ter cartão e telemóvel 4G. 
(...) Ora não faz qualquer sentido isto acontecer (acabar as redes 2G e 3G). Então o que justifica a mudança para os cartões 4G, se as tais infra-estruturas 2G e 3G vão continuar a transmitir sinal? (Comentário de utilizador do Fórum Zwame)

Mas o problema, problema... soube-o quando visitei uma loja Vodafone e disseram que era necessário fornecer os dados pessoais:

- Nome
- Morada
- N.º de contribuinte

Como?!!! Um Vitamina que é pré-pago? Um cliente ao meu lado pediu o livro de reclamações.

É dificil encontrar a explicação:

1. A uma pessoa que adquire um telemóvel livre é-lhe negada a possibilidade de usar o saldo nas condições contratuais que estiveram na base da compra do saldo;

2. Quem tem um telemóvel com saldo pré-pago é obrigado a revelar dados pessoais para poder continuar a usar o equipamento.

3. Os agentes autorizados parece que não sabem de nada - limitam-se a dizer que não são da Vodafone, mas apenas agentes e que o sistema obriga a registar os dados do cliente.

Acho sinceramente que a Vodafone quebrou a relação de cordialidade que mantinha com uma quantidade de clientes, provavelmente espezinhou-os para fazer marketing ao 4G, e parece não ter nenhuma sensibilidade sobre o que é conviver num ambiente saudável.

Será que a lei mudou e obriga ao registo de clientes? Mesmo para os clientes antigos de serviço "pay-and-go"? Para quê? Provavelmente quem tem o Diário da República como leitura de cabeceira poderá explicar.

De qualquer forma falta inteligência social e bom senso à Vodafone. Quem está a dirigir as operações desta forma?

Como em tudo, o melhor voto é votar com o bolso. E o meu voto está feito.

Sem comentários:

Enviar um comentário