2013-02-22

Como usar um arquivo ISO

Se alguém lhe diz para "queimar" um arquivo ISO, o que significa isso?

Os arquivos ISO são "imagens", elas permitem reproduzir com rigor uma sequência de dados exatamente igual.

Embora se trate de um arquivo normal, ele serve para ser usado na reprodução exata de um sistema de arquivos e não para ser copiado diretamente como faz com as suas fotos!

Para simplificar, imagine que se trata de um disco virtual, onde todos os dados do disco estão exatamente representados nesse arquivo. É como um carimbo, você pode reproduzir um disco as vezes que quiser, ele sai sempre perfeito!

É possível gravar um arquivo .iso (às vezes chamado .img) para um CD-ROM, DVD-ROM, cartão SD/CF ou pen drive.

Isso é realizado através de uma função especial dos softwares de gravação que permitem indicar uma fonte (arquivo de imagem ISO), um suporte de destino e ter essa imagem gravada no suporte.

Se tem um arquivo ISO e pretende gravar...

... em pen USB ou cartão SD ou cartão CF em Windows, use o Win32DiskImager.

... em CD ou DVD em Windows, use o Ashampoo Burning Studio ou o seu software gravador de DVD favorito (procure uma função do género "Burn image to disc")

... em pen USB ou cartão SD ou cartão CF em Linux, aprenda um pouco sobre o comando dd, é muito fácil (mais informação, clique aqui)

... em CD ou DVD em Linux, instale o Brasero ou o K3b através do seu gestor de pacotes favorito (Synaptic, etc.)

Se o seu arquivo ISO é um sistema operativo, pode usá-lo ou experimentá-lo diretamente no Virtualbox, indicando nos dispositivos de armazenamento esse disco virtual.

Isso permite testar ou conhecer um sistema antes que "queime" um DVD!

Sem comentários:

Enviar um comentário