2013-02-10

Fedora e OpenSUSE trocam MySQL por MariaDB


As brechas estão abertas: as distribuições de Linux Fedora e OpenSUSE deixaram cair MySQL e adotaram MariaDB, segundo este artigo da ZDnet.

Sempre que uma empresa gigante compra uma empresa open source, ou mesmo descontinua uma tecnologia, acontecem este tipo de coisas: programadores abandonam o barco para poder trabalhar em liberdade e segundo os mais básicos princípios do open source.

Neste padrão vemos coisas como Monty Widenius a deixar a Sun, Brian Aker a deixar a Oracle, Lars Rasmussen e Guido van Rossum a deixarem a Google.

Vender empresas é infelizmente vender pessoas, mas vender empresas com programadores, que normalmente possuem um apurado senso do que é a liberdade e que vivem centrados nos seus projetos, não é pêra fácil para os gigantes.

Sem comentários:

Enviar um comentário